divulgação



Seminário Internacional “Governança Digital, Identidade e Participação: Investigando as cidades do século XXI”

Acontece, nos dias 25 e 26 de setembro de 2018, o Seminário Internacional “Governança Digital, Identidade e Participação: Investigando as cidades do século XXI”, promovido pelo PROURB/UFRJ e pelo CIAUD/Universidade de Lisboa.

Local: Auditório Paulo Santos – FAU/Reitoria, 4o andar – Cidade Universitária.

Veja a programação aqui.

Faça aqui a sua inscrição.

Em um mundo globalizado, nosso quotidiano é cada vez mais visível (e vivido) nas redes sociais e as tecnologias digitais estão sendo usadas para criar várias oportunidades para o cidadão interagir com as instituições nos diferentes níveis político, económico e social. De governos locais a regionais e nacionais, de administrativos a políticos, há um número crescente de canais para diferentes níveis de participação. Há uma tendência mundial na adoção de tecnologias digitais pela administração pública na forma de aplicativos móveis baseados na Web, modelagem e simulação digital e plataformas interativas. Na rotina diária das administrações locais, no entanto, essas tecnologias e plataformas raramente são usadas.
Por outro lado, os centros urbanos antigos, repositórios de identidades e memórias coletivas, são o laboratório por excelência para a análise das distinções e das mutações culturais e humanas que as materializações das diferentes políticas urbanas determinaram. Nessas narrativas urbanas do tempo longo pretende-se refletir em que medida as populações se foram moldando; as cidades foram ganhando ou perdendo vitalidade; e as comunidades se foram identificando ou não com o sítio.
Relativamente à componente essencial da participação pública ativa na construção coletiva da cidade pretende-se refletir sobre a participação pública nos fóruns democráticos e nos instrumentos de gestão territoriais, cujos resultados têm demonstrado a baixa ou quase inexistente participação em termos quantitativos e quando ocorre reporta-se na generalidade à resolução ou à tentativa de obter mais valias patrimoniais de foro individual, revelando uma participação do indivíduo mais do que do cidadão. Uma possível saída tem nas universidades um importante papel de mediação entre interesses individuais, coletivos e públicos.

Com base nos objetivos do Seminário propõe-se a divisão pelos seguintes temas:
• Democracia, Cidadania e Participação. Pública;
• Governança digital e Infoexclusão digital na Administração Pública Local;
• Identidade Urbana e Identificação das populações;
• Centros urbanos antigos: desenho cívico ou processos participados para a regeneração
• Desenvolvimento e mobilidade sustentável e resiliência urbana



Publicado em 17/09/2018