ensino



Seminário Teórico Avançado – Habitação e Cidade (FAU-815)
Disciplina Eletiva | Doutorado

Professores

Luciana da Silva Andrade


Resumo

A disciplina tem o objetivo de aprofundar questões teóricas, metodológicas e/ou epistemológicas, contemplando a atualidade teórica da disciplina como também estudos seminais em Urbanismo. Os temas abordados nos Seminários Teóricos Avançados serão propostos a cada semestre conforme os interesses de pesquisa do corpo docente e da evolução do conhecimento na área, permitindo uma constante atualização do debate teórico.

STA – Habitação e Cidade
Questões, políticas e programas habitacionais e sua relação com a cidade; diferentes momentos da questão habitacional brasileira, programas habitacionais em diferentes países.


Bibliografia

ABREU, Maurício de A. (1994). Reconstruindo uma História Esquecida: Origem e Expansão Inicial das Favelas do Rio de Janeiro. Espaços & Debates nº37. São Paulo. p. 34-46
ANDRADE, Luciana da S. & LEITÃO, Gerônimo E. de A. (2006). Transformação na Paisagem Urbana: favelização de conjuntos habitacionais. In: Silva, Rachel C. M. da. A Cidade pelo Avesso: Desafios do Urbanismo Contemporâneo. Rio de Janeiro: Viana &.Mosley/PROURB-UFRJ. p. 113-132.
BONDUKI, Nabil (1998). Origens da Habitação Social no Brasil. São Paulo: Estação Liberdade/Fapesp.
BRAUM, M. (Hrsg.).(2003). Berliner Wohnquartiere: ein Führer durch 70 Siedlungen. Berlin, Dietrich Reimer Verlag.
Cardoso, Adauto Lucio (org.). (2007). Habitação Social nas Metrópoles Brasileiras: uma avaliação das políticas habitacionais em Belém, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo no final do século XX. Porto Alegre: Antac. (Coleção Habitare).
Davis, Mike (2006). Planet of Slums. Londres/Nova Iorque: Verso.
Droste, Christiane: Knorr-Siedow, Thomas (2004). Large Housing Estates in Germany: Policies and Practices. Ultretch: Faculty of Geosciences/Ultretch University.

FINEP-GAP. (1985). Habitação Popular: Inventário da Ação Governamental. São Paulo: Projeto.

Ghirardo, Diane. (2002).Arquitetura Contemporânea: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes.
Hannemann, Christine (2004). Architecture as Ideology: Industrialization of Housing in the GDR. In: Stadt und Regionalsoziologie, Working Papers Nr. 2A. Berlin: Humboldt-Universität/Philosophische Facultät III/ Institut für Sozialwissenschaften.
Ladd, B. (1988).The Ghosts of Berlin: confronting German history in the urban landscape. Chicago and London, The University of Chicago Press.
Lago, Luciana Correa. (2000). Desigualdades e Segregação na Metropole: o Rio de Janeiro em Tempo de Crise. Rio de Janeiro: Revan-Fase.
LHASA – Large Housing Area Stabilisation Action. (s.d.). Sumary of Results. Berlin: An Intereg IIIB Project in the CADSES Co-operation Framework of the European Union.
Ribeiro, Luiz C. de Q. e Azevedo, Sérgio (orgs.) (1996). A Crise da Moradia nas Grandes Cidades: da questão da Habitação à Reforma Urbana. Rio de Janeiro: Editora UFRJ.
Silva, Maria Laís P. da. (2000). Olhando a história para entender o que realmente é novo no presente. In: Anais do Forum Habitar 2000: produção da habitação popular na América Latina, avaliação e propostas para o século 21. Salvador: FAUFBA – CONDER/Seplantec-BA. (CD-Rom).
Silva, Maria Laís P. da. (2000). Favelas Cariocas: 1930-1964. Rio de Janeiro: Contraponto.
Taschner, S. P. (1997-a). Favelas e Cortiços no Brasil: 20 anos de pesquisas e políticas. Cadernos de Pesquisa do LAP: revista de estudos sobre arquitetura, urbanismo e preservação. N 18.
Taschner, S. P. (1997-b)Política Habitacional no Brasil: Retrospectivas e Perspectivas. Cadernos de Pesquisa do LAP: revista de estudos sobre arquitetura, urbanismo e preservação. N 21.
Zaluar, Alba & ALVITO, Marcos. Um Século de Favela. Rio de Janeiro: FGV Editora. p.233-276.