pesquisa



Banco de dados em Arquitetura: a presença estrangeira na cidade do Rio de Janeiro

Coordenador
Maria Cristina Nascentes Cabral

Integrantes
José Barki
Naylor Barbosa Vilas Boas
Rodrigo Cury Paraizo
Denise Vianna Nunes

Este projeto de pesquisa propõe a identificação, coleta, organização, análise e divulgação de obras arquitetônicas construídas e/ou projetadas por arquitetos estrangeiros na cidade do Rio de Janeiro, durante o século XX, com ênfase nas obras executadas entre 1920 a 1960. A metodologia de pesquisa opera no âmbito da História da Cultura, procurando compreender os processos de interlocuções destes estrangeiros com a cidade do Rio de Janeiro, contribuindo com o desenvolvimento de uma estratégia de análise e apresentação das obras em questão. Esta pesquisa não parte do pressuposto da influência da arquitetura estrangeira, ou da importação de idéias predominantemente européias, sobre a produção local. Partimos da noção de interlocução, de trocas culturais, da circulação de idéias e de transculturação como processo transitivo de uma cultura à outra. A análise não se restringe à definição das obras e dos arquitetos por estilos arquitetônicos. Buscaremos estudar a presença de arquitetos estrangeiros na cidade do Rio de Janeiro, visando sobretudo compreender as transformações operadas no espaço construído e na morfologia urbana. Perscrutaremos, a partir dos vestígios materiais das obras construídas, o caminho das redes sociais, das trocas econômicas e os processos de aculturação advindos da presença estrangeira. Como uma das aplicações prototípicas principais da pesquisa, propõe-se a construção de uma fonte de consulta na internet sobre a arquitetura de estrangeiros no Rio de Janeiro. Dessa forma, a pesquisa ajudaria a resolver a notável escassez e dispersão de informações. O objetivo final desta pesquisa é a elaboração de um inventário de obras arquitetônicas (imagens e dados) disponibilizado em banco de dados digital.