ensino



Seminário Teórico Avançado – Vazios Urbanos e Patrimônio Cultural 2019-1
Disciplina Eletiva | Doutorado

Professores

Andréa de Lacerda Pessôa Borde


Ementa

Vazios urbanos, patrimônio cultural e as cidades contemporâneas. Bases teóricas e históricas dos conceitos de vazios urbanos e patrimônio cultural. Relações entre projetos urbanos, normativa urbanística, vazios urbanos e patrimônio cultural. Ações da política urbana e iniciativas da sociedade civil organizada voltada para a transformação dos vazios urbanos e conservação do patrimônio cultural. Estudos de caso internacionais. Estudos de caso nacionais. O Rio de Janeiro.


Resumo

O Seminário Vazios Urbanos e Patrimônio Cultural tem por objetivo analisar o fenômeno urbano contemporâneo a partir das mudanças operadas na dinâmica urbana pela formação/transformação das situações de vazio urbano do tecido consolidado e pelas ações voltadas para o reconhecimento e conservação do seu patrimônio cultural urbano. Busca-se articular a atualização da base teórica e conceitual sobre vazios urbanos, cidades contemporâneas e patrimônio cultural à análise dos projetos urbanos, das políticas públicas e das iniciativas da sociedade civil que abordem estas dimensões do fenômeno urbano.

STA Vazios Urbanos 2019-1


Bibliografia

ABREU, Mauricio. Sobre a memória das cidades. Revista da Faculdade de Letras – Geografia 1 série, Vol.XIV, Porto, 1998, pp.77-97.

AVRAMI, Erica; MASON, Randall; DE LA TORRE, Marta (Ed.). Values and Heritage Conservation. Los Angeles, The Getty Conservation Institute, 1998. Research Report.

BORDE, Andréa de L. P. Vazios urbanos: perspectivas contemporâneas. Rio de Janeiro, PROURB/FAU/UFRJ. Tese de doutorado. 2006.

BORDE, Andréa de L. P. . Vazios Centrais e Patrimônio Cultural. In: IRPH/ Conselho Municipal do Patrimônio Cultural. (Org.). Evocando Memórias. Rio de Janeiro, PCRJ, 2012, v. 1, p. 61-96.

CASTRIOTA, Leonardo B. Patrimônio Cultural: conceitos, Políticas, Instrumentos. São Paulo: Annablume/ Belo Horizonte, IEDS, 2009.

CHALAS, Yves. L’invention de La ville. Paris, Anthropos, 2000.

CHALINE, Claude. La regeneration urbaine. Paris, PUF, 1999.

CHOAY, Françoise. O Patrimônio em Questão: antologia para um combate. Belo Horizonte, Fino Traço Editora, 2011.

___________. Alegoria do Patrimônio. Bauru, UNESP, 2001.

DAPOIAN, Carmen (org). Formas do Vazio: desafios ao sujeito contemporâneo. São Paulo, Via Lettera, 2001.

DAVID, Ana (coord. edit.). Vazios Urbanos. Trienal de Arquitetura de Lisboa. Lisboa, Caleidoscópio, 2007.

FURTADO, Fernanda e OLIVEIRA, Fabrício. Tierra vacante em Rio de Janeiro. In: Clichevsky, Nora (org.). Tierra Vacante en ciudades latinoamericanas. Canadá, Lincoln Institute, 2002.

HARVEY, David. A condição pós-moderna. São Paulo, Loyola, 1992.

HUYSSEN, Andreas. Seduzidos pela memória. Rio de Janeiro, Aeroplano, 2000.

IPHAN. Cartas Patrimoniais. Brasília, IPHAN, DEPROM, 2000.

MENESES, Ulpiano T. B. de. A cidade como bem cultural- Áreas envoltórias e outros dilemas, equívocos e alcance na preservação do patrimônio ambiental urbano. In: MORI, Victor H. et alli. (org.) Patrimônio: atualizando o debate. S.Paulo, IPHAN, 2006. pp. 33-76.

RIO DE JANEIRO. Rio – Plano Diretor da Cidade: Lei Complementar no111, de 1o de fevereiro de 2011 e anexos. Rio de Janeiro: Centro de Estudos da PGM, 2011.

ROJAS, Eduardo. Old Cities, New Assets: Preserving Latin American‘s Urban Heritage. Washington, Inter-American Development Bank, 1999.

SAMPAIO, Andréa da R. Normas Urbanísticas e Projetos Urbanos: transformações na Área Urbana Central Carioca. In: Anais do II Seminário Internacional Urbicentros – Construir, Reconstruir, Desconstruir: morte e vida de centros urbanos. Maceió, UFAL, 2011.

SANT’ANNA, Marcia. A cidade atração: patrimônio e valorização de áreas centrais no Brasil nos anos 90. Cadernos PPG-AU, Salvador, v. 2, n. especial, p. 43-58, 2004.

SANTOS, Carlos N. F. “Preservar não é tombar, renovar não é pôr tudo abaixo”. In PROJETO no 86. São Paulo, Projeto Editores, 1986, pp 59-63.
Sola-Morales, Ígnasi. Territórios. Barcelona, Gustavo Gilli, 2002.

VAZ, Lílian e SILVEIRA, Carmen. Transformações e permanências na área central do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: IAB. Revista Arquitetura, ano 29, no1, 1998.

ZANCHETTI, Silvio M. Conservação Integrada e Novas estratégias de gestão. 4a Encontro do SIRCHAL, Salvador, 2000. http://www2.archi.fr/SIRCHAL/seminair/sirchal4/ZanchetiVPT.htm